Resultados da sua pesquisa

Decoração de Jardim: 5 dicas para deixar a área externa mais bonita

Postado por construtora em outubro 26, 2019
| blog
| 0

Quando se trata de decoração de jardim e da área externa da sua casa, três aspectos principais devem ser levados em consideração: praticidade, resistência e conforto. A área externa é onde normalmente reunimos família e amigos para festas e confraternizações.

É também o espaço que temos para relaxar e curtir o calor do sol. Não o importa o tamanho, pode ser uma sacada, espaços pequenos como jardim de inverno ou entorno de piscina, o ambiente significa aconchego e deve estar em harmonia com o restante da casa e com o gosto dos moradores. Sendo assim, esse espaço deve ser bem valorizado e organizado com cuidado.

Neste artigo, listamos 5 dicas de decoração de jardim para deixar sua casa ainda mais bonita e agradável. Confira:

1. Invista em móveis resistentes

Ao selecionar os móveis para a decoração da área externa, precisamos levar em consideração a resistência deles. Mesas, cadeiras e, principalmente, almofadas ficam expostas constantemente às intempéries do clima, de modo que devem ser feitos de material adequado para esse tipo de ambiente.

Os móveis de madeira e almofadas revestidas com tecidos impermeáveis são as opções mais clássicas para jardim. Entre as vantagens desses tecidos estão a durabilidade e a qualidade.

Quando for escolher a estampa, dê preferência para os tecidos com acabamento em polipropileno — semelhante ao plástico — e fibras com couro náutico, vinil, algodão ou acrílico. Essas são composições que ajudam na vida útil do produto.

Além dos tecidos impermeáveis, a indústria já investiu em matérias antimofo, bactericidas e resistentes aos raios solares — evitando que desbotem. Existe ainda um tecido que oferece ação anti-insetos.

As estampas e tonalidades dos tecidos dão ao ambiente uma proposta alegre, tornando-as excelentes alternativas para a decoração.

As opções em fibra sintética, semelhante àquela utilizada na fabricação de piscinas, também são uma ótima pedida, pois são muito resistentes a mudanças climáticas.

Dependendo da escolha dos móveis, a sua aparência transfere ao ambiente um toque rústico, vintage — móvel clássico e antigo — ou ainda romântico. Por isso, precisa ter identidade com o ambiente e com os moradores da casa. Confira algumas vantagens:

  • é resistente a exposição de luz e de calor;
  • suporta peso;
  • é fácil de limpar e não mancha;
  • não desbota.

Móveis de fibras sintéticas são encontrados nas cores avelã, marrom, brancos e tons de bananeira. A dica para a decoração de jardins é escolher a cor natural da fibra sintética, pois é a imitação mais próxima da fibra natural.

Se você prefere algo mais sofisticado, pode optar pelos móveis de bambu ou madeira, desde que o material seja devidamente tratado para resistir à exposição permanente e produzido de maneira ecologicamente correta.

2. Observe as tendências na decoração de jardins

As almofadas, as mantas coloridas e as estampadas estão com tudo. Com um pouco de criatividade é possível comprar acessórios incríveis para deixar seu jardim radiante. Outra tendência para a decoração da área externa são itens artesanais e feitos de matéria-prima natural.

Aliada a essas duas tendências estão os decks de madeira que, assim como o resto da sua decoração, devem ser política e economicamente corretos. Nada de sair comprando madeira sem saber a origem!

Uma boa iluminação garante charme e elegância ao jardim. As luminárias criam um clima especial no ambiente à noite. As melhores opções são as de LED e fibra ótica, pois não transmitem altas temperaturas às plantas.

Além disso, as luzes são responsáveis por destacar os detalhes da área externa. Para esse objetivo, o projeto de iluminação deve ser com facho direcionado ou lâmpadas acopladas no chão.

A escolha da cor das lâmpadas depende do objetivo que se quer alcançar. Por exemplo, a luz branca é indicada para dar destaque a algum ponto ou objetos do jardim; a cor âmbar traz aconchego e harmonia para o ambiente. O cuidado que deve ter é para não ficar um ambiente monocromático.

A posição das luminárias requer uma atenção especial e também determinar qual o objetivo a ser alcançado com as peças. Se deseja criar vultos ou sombras no ambiente externo, a dica é colocar as luminárias entre a vegetação. Se a intenção é iluminar todo o espaço de maneira uniforme, a iluminação deve ser feita com postes e refletores.

3. Escolha itens fáceis de limpar

A área externa da sua casa serve para o seu conforto e descanso, não para dar mais trabalho. Por essa razão, os itens de decoração de jardins devem sempre ser fáceis de limpar.

Usar tecidos no ambiente externo é um desafio, pois a exposição à chuva, calor e ventos afeta diretamente a vida útil do material.

Se for um espaço de lazer com piscina ou que os móveis fiquem expostos às ações do tempo, uma ótima escolha são as almofadas de tecido impermeável, pois, caso alguém derrame algo ou sente com roupas molhadas, o objeto de decoração não estragará.

Portanto, investir nos tecidos certos garante a durabilidade dos móveis do jardim, a facilidade na limpeza, bem como o seu conforto. Afinal, acomodar-se num tecido duro e áspero não é nada agradável.

Se optar por móveis de madeira, escolha as tratadas, que não vão deteriorar com a exposição à chuva e ao calor intenso, aumentando ainda mais a resistência.

Outro material indicado para compor sua área de lazer com qualidade e facilidade na limpeza é o alumínio. Ele não perde a sua cor com a exposição ao sol e à chuva e a durabilidade do móvel é bastante satisfatória. Além disso, é muito indicado para espaços com piscina.

Para áreas externas modernas e práticas para limpar, o inox é uma ótima opção. Assim como o alumínio, ele é bastante resistente.

Usar móveis de fibras sintéticas garante a facilidade na hora da limpeza. Um pano úmido e um sabão neutro já são suficientes para deixá-los limpos. Não é necessário produtos específicos para aumentar a sua durabilidade.

4. Saiba selecionar as plantas

Um dos itens primordiais em um jardim é a seleção de plantas que serão cultivadas naqueles espaços — e isso vale para árvores, flores, ervas etc.

Quando for escolher as plantas que comporão seu jardim, você deve ficar atento com as peculiaridades de cada uma, como exposição à luz e a maneira correta de irrigação. A dica geral é regá-las ao menos uma vez por dia.

Se você tem pouco tempo para cuidar das plantas ou não tem muita habilidade no manejo, os cactos são ideais. Eles são de fácil manutenção e requerem poucos cuidados. Além disso, deixam o ambiente com um aspecto de deserto. Mesclando isso com móveis modernos, você terá uma área de lazer contemporânea e envolvente.

Se preferir por espaços com características tropicais, opte pelas palmeiras e samambaias. Já para seguir a linha de jardins orientais, a dica é investir em bambus e azaleias. Talvez você possa até acrescentar uma pequena horta à sua decoração externa. Além de saudável, é charmoso — e ter os seus temperos fresco todos os dias vai ser bem prazeroso!

5. Pense no seu conforto

Em uma decoração de jardim não pode faltar almofadas confortáveis, de preferência grandes. Já os futons estão se tornando cada vez mais populares devido ao clima aconchegante que conferem às áreas externas.

As cadeiras espreguiçadeiras também são itens que nunca saem da preferência das pessoas por conta da sensação de relaxamento que proporcionam.

As redes de parede também estão sempre na moda e existem modelos belíssimos que podem dar um belo up na sua decoração externa. Dê preferência para aquelas com tecidos impermeáveis, assim você não terá trabalho para limpar caso esqueça a rede no lado de fora em dias chuvosos.

Se a área externa for grande, invista em ombrelones para se proteger do sol ou ventos fortes. Além do charme que dá ao ambiente, é uma peça bastante versátil. Existe no mercado a peça com haste lateral para colocar ao lado da mesa, por exemplo, ou com haste central para ser instalada no centro da mesa.

Alguns modelos possuem estrutura que permite ser regulada conforme a posição do sol. Substitui muito bem uma cobertura fixa e a vantagem é que o custo é bem menor.

Os ombrelones devem ser fabricados com materiais que suportam as intempéries do tempo. A dica é escolher coberturas em telas solares e lonas de PV, pois são mais resistentes, suportam chuva e ainda servem para filtrar os raios solares. O mercado também oferece modelos com proteção que não deixa mofar e não retém água, além de bloquear o calor em até 75%.

Para a higienização e manutenção, é recomendado que faça a limpeza com água e sabão neutro toda semana, assim garante uma peça conservada por anos.

Ideal para quem gosta de relaxar junto à natureza, as espreguiçadeiras são peças coringas para jardins. Elas são fabricadas em plástico, madeira rústica — ótima escolha para usar próximo a piscinas — ou fibras sintéticas, entre outros materiais. É só escolher o que melhor combine com sua área externa e aproveitar o conforta do móvel.

Para compor o espaço externo, os puffs são excelentes para áreas pequenas, pois esse móvel permite otimizar o espaço, pois é bastante versátil, servindo como assento ou apoio de pés.

FONTE: http://macdesign.com.br/blog/decoracao-de-jardim-5-dicas-para-deixar-a-area-externa-mais-bonita/

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.


CAPTCHA Image
Play CAPTCHA Audio
Reload Image
  • BUSCAR IMÓVEL

    Mais opções de busca
  • Arquivos