Resultados da sua pesquisa

Como usar estampas étnicas na decoração?

Postado por construtora em janeiro 22, 2020
| blog
| 0

Objetos, costumes e estilos do mundo todo podem contribuir para deixar sua casa mais bonita. É o que propõe a decoração étnica, que leva a influência de diferentes culturas para os espaços projetados. Sua principal característica está na combinação de estampas com padrões variados, como figuras geométricas e desenhos tribais.

O estilo foi sucesso nos anos 60 e apareceu nas roupas e acessórios criadas por vários estilistas da época. Hoje a tendência voltou com tudo, por isso, cada vez mais veremos pessoas adotando as estampas étnicas na decoração do próprio lar.

Mas e você? Que tal se inspirar em povos como Japão, África, Índia, Suécia ou em diferentes tribos indígenas para compor ambientes? Separamos 6 dicas para incluir estampas com essas referências! Não perca!

Combine com diferentes estilos

Gravuras marcantes, tecidos coloridos e formas exóticas compõem o tema étnico e são ideais para criar espaços alegres. Porém, para quem não está acostumado com tanta informação, uma composição completa nesse estilo pode não funcionar.

Se é o seu caso, saiba que não há limites para o uso de estampas étnicas na decoração. Afinal, por terem seu próprio charme e atraírem a atenção de quem observa, tendem a harmonizar bem com outras propostas mais simples.

Você pode, por exemplo, trabalhar a base dos ambientes com seu estilo decorativo preferido e complementá-lo com pequenos itens que tragam a referência étnica. Estes podem ser almofadas, mantas, tapetes, peças trazidas de outros países etc.

Mescle com cores neutras

Nada melhor que cores, estampas e texturas diferenciadas para dar vida a superfícies brancas, certo? Pois bem, se a sua residência segue um tema mais clean ou estilo minimalista, pode ter certeza que ficará muito interessante com a adição de elementos étnicos.

A parte legal de se trabalhar com um fundo neutro está na possibilidade de brincar com diversas estampas, sem correr o risco de deixar o visual poluído. Com paredes e pisos clarinhos, por exemplo, cria-se uma base simples e capaz de receber qualquer tonalidade.

Sendo assim, aproveite a liberdade dos ambientes neutros para escolher o seu tipo de estampa favorito dentro do tema escolhido. Se não se contentar com apenas um, pode arriscar na mistura de padrões que não tem erro!

Use em conjunto com materiais naturais

Matérias-primas que mantêm sua aparência natural são perfeitas para composições com estampas étnicas. Estamos falando de opções como madeira, vime, barro, pedra, bambu e fibras vegetais. Muitos desses recursos remetem ao modo de viver de alguns povos e adicionam um toque a mais de textura aos ambientes.

Existem várias peças decorativas fabricadas com os materiais citados, a exemplo de esculturas, painéis, vasos de flores, enfeites de mesa e até itens de mobiliário. Nessa lista, os móveis de madeira ganham destaque pela aparência rústica e qualidade da matéria-prima utilizada na fabricação.

Se você tem um jogo antigo de cadeiras em MDF, por exemplo, que tal repaginar as peças usando o tema étnico como inspiração? Uma dica é substituir o acabamento dos encostos e assentos por tecidos que tragam estampas de sua preferência.

Varie as estampas étnicas na decoração

Como dito, o estilo engloba diferentes padrões de estampas. Por isso, outra possibilidade para você trabalhar o tema na composição da casa é buscar diversos modelos na hora da compra. Conheça algumas alternativas:

  • animal print: as famosas listras de zebra e manchinhas de onça fazem parte do conjunto de estampas étnicas. Com inspiração na África, são ideais para pessoas ousadas e que desejam um ambiente exclusivo;
  • aztec: como o próprio nome indica, é originário da civilização Asteca e tem como principal característica as formas geométricas marcantes. As figuras costumam apresentar grandes triângulos e cores vibrantes;
  • ganado: com origem nos Estados Unidos, essa estampa Navajo é bastante abstrata. Ela lembra muito as imagens representadas em caleidoscópios, compostas por várias figuras e detalhes coloridos;
  • ikat: lembrando a técnica do tie-dye, o ikat foi muito utilizado por nativos da América Central e da região norte da América do Sul (perto da Colômbia);
  • dutch wax: também conhecido como batik, representa uma técnica da Indonésia que prioriza as cores marrom, branco e índigo;
  • shibori: é um estilo japonês de tie-dye, uma técnica que gera estampas de acordo com a maneira como o tecido é amarrado para ser tingido.

Crie efeitos diversos nas paredes

Tem uma parede ou várias delas precisando de uma nova cara? Então invista nas estampas! Você pode cobrir essas superfícies utilizando uma série de materiais com acabamento inspirado no tema étnico: papel de parede, adesivo, azulejos decorativos, cerâmicas e tecidos.

São inúmeras as possibilidades de composição. Se você é daquelas pessoas que mergulham de vez na tendência, a dica é revestir uma parede inteira com a estampa selecionada. Já os mais discretos podem compor um pequeno painel estampado ou preencher apenas fundos de nichos e de estantes com o desenho.

Além dos materiais prontos, você também pode buscar peças coloridas para compor suas próprias estampas étnicas nas paredes. Como exemplo, temos as pastilhas de vidro (pequenos revestimentos), que, se combinadas da maneira certa, podem formar figuras tribais ou geométricas.

Invista em tecidos e objetos

Não há nada melhor que os tecidos para agregar cor e textura a qualquer elemento da casa. De quebra, esse tipo de material ainda proporciona conforto visual e térmico, dependendo da espessura da fibra utilizada.

Com tanta variedade no mercado, você não pode perder a oportunidade de adquirir peças com estampas étnicas. São lençóis, capas de almofadas, cortinas, redes de descanso, toalhas de mesa, tapetes, mantas… A lista não acaba!

Muitos tecidos também podem ser utilizados como revestimento de objetos. Portanto, você pode adquirir acessórios prontos ou customizar potinhos, caixas organizadoras, cestos e outros itens com a colagem de panos estampados.

Para complementar a decoração, exiba aquelas peças garimpadas em viagens ou que você ganhou de amigos e familiares. Pode ser uma miniestátua artística de animal (esculpida em madeira ou moldada em barro), um porta-joias colorido ou um jogo de quadros feitos com pintura/fotografia.

Viu como é fácil incluir as belíssimas estampas étnicas na decoração da casa? Perceba que muitas das dicas valem para qualquer ambiente da residência, desde quartos até banheiros e áreas externas.

FONTE: http://blog.lineabrasil.com.br/como-usar-estampas-etnicas-na-decoracao/

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.


CAPTCHA Image
Play CAPTCHA Audio
Reload Image
  • BUSCAR IMÓVEL

    Mais opções de busca
  • Arquivos